Blog Institucional destinado à divulgação de ações da Consultlist Guia de Negócios e prestação de serviço com publicação de atrações turísticas, eventos culturais e de formação profissional no Estado de Sâo Paulo, nossa principal área de atuação.





sexta-feira, 30 de março de 2012

SANTOS | Confira as datas para visitação noturna ao Museu do Café



O Museu do Café, em Santos, oferece uma nova possibilidade aos que querem saber mais sobre a história da principal bebida brasileira. A novidade é a visitação noturna, que será realizada duas vezes por mês, até dezembro de 2012. Além do acervo do museu, a atividade contempla ainda a leitura arquitetônica do edifício iluminado, nas fachadas voltadas à rua XV de novembro e ao porto.

"Mais do que oferecer oportunidade a grupos escolares do período noturno e às pessoas que não podem vir ao museu durante o dia, esse novo horário de visitação permite uma visão completamente nova do museu e do edifício da Bolsa Oficial de Café no contexto do Centro Histórico de Santos", explica Marcela Rezek, coordenadora técnica do Museu do Café.

O museu, que iniciou o projeto em fevereiro, continua a programação nos dias 19 e 26 de abril, 10 e 24 de maio, 14 e 28 de junho, 12 e 26 de julho, 16 e 30 de agosto, 13 e 27 de setembro, 11 e 25 de outubro, 8 e 22 de novembro, 6 e 13 de dezembro, sempre até as 21h (veja abaixo o contato para agendamento da visita).

Os ingressos para visitação custam R$ 5, estudantes e pessoas com mais de 60 anos pagam meia-entrada. Já a Cafeteria do Museu funciona de segunda a sábado das 8h às 18h, e aos domingos entre 10h e 18h. Outras informações estão disponíveis neste endereço.


Serviço

Visitação noturna ao Museu do Café
Onde: Rua XV de Novembro, 95, Centro Histórico - Santos/SP
Quando: 19 e 26/4, 10 e 24/5, 14 e 28/6, 12 e 26/7, 16 e 30/8, 13 e 27/9, 11 e 25/10, 8 e 22/11, 6 e 13/12
Horário: Até às 21h
Preço: R$ 5
Informações e agendamentos para visitação: (13) 3213-1750
http://www.museudocafe.com.br/


Saiba mais sobre o Museu:



Com informações do portal do Governo de SP

quinta-feira, 29 de março de 2012

BROTAS | Fundação ensina ciência e astronomia com recursos tecnológicos



Localizada na cidade de Brotas, interior de São Paulo, a Fundação CEU é um complexo com planetário, observatório, auditório para apresentações computadorizadas, sítio paleontológico estilizado no formato de uma caverna subterrânea, com diversas atividades relacionadas à ciência e astronomia.

Além dessas atividades, para inovar o conteúdo foi incluído biologia e meio ambiente em um novo projeto. “Estamos já construindo um novo espaço para a elaboração de diversas atividades didáticas envolvendo esse conteúdo.”, destaca o coordenador da Fundação CEU.

Bem equipado e com tecnologia de ponta, o Centro de Estudo do Universo apresenta sessões multimídia, realizadas com recursos de computação gráfica e por professores qualificados, permitindo interação entre o conteúdo e os alunos de acordo com a faixa etária. 

As sessões de planetário digital cine dome) utilizam projeção em domo de 360°, o que torna possível a exploração de conceitos em todas as áreas do conhecimento. Já as oficinas didáticas são realizadas em locais propícios para a fixação do conteúdo aprendido em sala de aula, de maneira vivencial e prática.

Destacam-se também as sessões de observação do céu com telescópios controlados eletronicamente. “Todo o material audiovisual foi desenvolvido pela Fundação CEU, sendo único e exclusivo. As propostas de atividades abordam a grade curricular de Ciências do Ensino Fundamental a partir de 4º ano, e Biologia no Ensino Médio.”, finaliza Peixoto.

Os estudantes que querem participar das atividades do CEU, mas não moram na região de Brotas, podem se hospedar na Fazenda Estância Peraltas, que promove viagens pedagógicas para crianças e adolescentes durante o ano todo através das escolas.

Veja como funciona o projeto:



Divulgação

terça-feira, 27 de março de 2012

GUARATINGUETÁ | Devoção, misticismo e cultura


Nas primeiras décadas do século XX, a cidade de Guaratinguetá (de origem tupi, "muitas garças", pela profusão dessas aves no município, mas também carinhosamente apelidada de "Guará") tinha um curioso e pomposo adjetivo: "Atenas do Vale do Paraíba". Durante esse período de escassez econômica e cultural, decorrente do acentuado declínio da economia cafeeira, principal força motriz da região, Guaratinguetá passou por um processo de renascimento, que começou com a instalação na cidade da "Escola Normal", durante a década de 20.

A Escola Normal tornou-se um forte atrativo para professores e estudantes de toda a região, além de propiciar a formação de uma gama de centros culturais, clubes literários, cinemas e teatros, que endossariam a vocação de Guaratinguetá para a cultura. Seguindo essa tradição, a cidade foi o berço de alguns ilustres cidadãos vinculados à vida política, econômica e cultural do país, entre eles: Dilermando Reis (violonista), Rodrigues Alves, (ex-presidente do Brasil) Euríclides de Jesus Zerbini (médico cardiologista e pioneiro no transplante de coração no Brasil) e Pasquale Cipro Neto (professor de língua portuguesa).

Guaratinguetá está circundada pelas altas montanhas da Serra da Cantareira e da Serra do Mar, que formam uma bela paisagem em redor da cidade. O visitante que deseja conhecer Guaratinguetá também pode visitar o distrito das Pedrinhas (na cidade há placas com a direção do caminho), onde ainda pode se encontrar os ribeirões que são os afluentes do Rio Paraíba do Sul, proporcionando um agradável passeio.

Por meio da SP-171, o visitante pode dar uma esticada até duas belas cidades históricas próximas dali (de 1h a 1h30 de viagem): a Estância Climática de Cunha (que possui diversas atrações, como cachoeiras, trilhas, culinária e cerâmica), e também a cidade de Paraty, já situada no Rio de Janeiro, que também dispõe de atrativos diversos para os turistas - gastronomia, folclore, praias, passeios de barcos, entre outros.

Turismo religioso: a canonização de Frei Galvão
Se houvesse uma classificação de cidades como "irmãs siamesas", Aparecida e Guaratinguetá poderiam ser nomeadas como tal, tais as particularidades religiosas e históricas, além da proximidade geográfica que vincula as duas cidades. Guaratinguetá ganhou um importante status de centro religioso, assim como Aparecida (capital do catolicismo no Brasil e localizada a alguns poucos quilômetros de distância. Até 1928, era um distrito de Guaratinguetá), após a canonização do Frei Galvão no ano de 2007, que tornou-se o primeiro santo brasileiro.

Junto com o município de Cachoeira Paulista - sede da Canção Nova, comunidade da Renovação Carismática Católica - Aparecida e Guaratinguetá formam o chamado "Circuito da Fé". Frei Galvão tornou célebres as "pílulas de papel", que eram confeccionadas por ele e oferecidas a pessoas com problemas cujas fontes eram desconhecidas, intercedendo assim sobre causas impossíveis, que foram depois consideradas milagres pela Igreja Católica.

Quando o Papa Bento XVI visitou o Brasil, em 2007, além de celebrar a missa na qual Frei Galvão foi canonizado, também visitou a Fazenda da Esperança, que cuida de dependentes químicos. Em Guaratinguetá os fiéis também podem visitar a célebre casa onde nasceu Frei Galvão, onde hoje há um museu a ele dedicado, bem como a Igreja de São Frei Galvão e o Seminário Frei Galvão. No roteiro religioso que compõe esses locais, as pílulas de Frei Galvão são oferecidas aos fiéis.


Do Portal do Governo do Estado

 

segunda-feira, 26 de março de 2012

CAMPINAS | Orquestra Comunitária da Unicamp abre vagas


A Orquestra Comunitária da Unicamp está selecionando musicistas que toquem os seguintes instrumentos: viola, violoncelo, contrabaixo, oboé, fagote, saxofone (alto e tenor), trompa, trombone, bombardino e tuba para completar os seus naipes de nível intermediário e avançado.

O grupo é uma orquestra-escola de extensão sociocultural, aberto à comunidade da região de Campinas, dos 15 anos até a terceira idade. É composta por três grupos distintos: a Camerata (orquestra de cordas), a Orquestra de Sopros e Percussão (banda de música) e a Orquestra Completa, com aproximadamente 70 músicos.

Os interessados devem comparecer com seus instrumentos, nas segundas-feiras, às 18h30, no Espaço Cultural Casa do Lago, na rua Érico Veríssimo 1.011, no câmpus da Unicamp.

Serviço
Informações: (19) 3521-7017, www.preac.unicamp.br/casadolago

Do Portal do Governo do Estado

CANANÉIA | onde a história do Brasil encontra belezas da natureza


Fundada em 12 de agosto de 1531 por Martim Afonso de Souza, Cananeia é a primeira cidade do Brasil. A história desse município é recheada de muitas lendas de piratas, tesouros enterrados e batalhas. Dessa época, ainda existem algumas relíquias como a igreja de São João Batista, fundada em 1577, e que serviu como forte para proteger a cidade das constantes ameaças de invasões. Outras construções preservadas são o obelisco, dois canhões e os argolões de bronze que foram encravados em pedras e que serviam para amarrar as caravelas da expedição de Martim Afonso de Souza.

Além do ser um patrimônio histórico cultural, Cananeia se destaca por suas belezas naturais. Tombado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como patrimônio natural da humanidade, o município é formado por diversas ilhas, como Cardoso, Bom Abrigo, Filhote, Cambriú, Castilho, Figueira, Casca e Pai do Mato. O melhor mirante das ilhas é o Morro São João, no qual, segundo uma lenda local, existe uma sereia do mar encantada que aparece na ponta da formação geográfica.

As praias também são grandes atrativos. Pereirinha, Itacuruçá, Ipanema, Cambriú, Bom Abrigo (Farol), Marujá, Fole Pequeno, Foles, Lages, Enseada da Baleia e Pontal do Leste são algumas delas. Outro local muito visitado é o Parque Estadual da Ilha do Cardoso (PEIC) Núcleo Perequê, com museu, laboratório e aquário; trilhas, morros, costões, cachoeiras, rios, lagoas, piscinas naturais, comunidades caiçaras e o farol. E tudo isso ainda ganha um traço a mais de beleza com os botos que costumam acompanhar as embarcações e encantar os turistas com seus saltos. Uma dica é o passeio de barco para poder vê-los de perto.

Cananeia ainda oferece outros roteiros. Na estrada que liga os bairros Itapitangui ao Ariri, existem três cachoeiras: Pitu, Mandira e Rio das Ostras. O acesso é feita por balsa e sempre acompanhado por um monitor ambiental da região. Outro passeio que pode contratados pelos guias da região é pelos sítios arqueológicos, os sambaquis, datados entre seis e quatro mil anos. Sambaquis são montes de conchas que foram acumuladas por muitos anos, não pela natureza, mas por antigos habitantes do local; provavelmente grupo de nômades.


Do Portal do Governo de São Paulo

sexta-feira, 23 de março de 2012

PIEDADE | Conhecida como Portal das Águas, a cidade une aventura e descanso

Piedade está situada a 100 quilômetros da capital, nas encostas da serra de Paranapiacaba. A cidade é conhecida como Portal da Águas por conta dos belos rios, represas e cachoeiras que atraem turistas.
Quem visita o local, logo sente o ar puro, nota a rica vegetação e as inúmeras cachoeiras. Cada uma possui uma queda diferente da outra, alguns exemplos são as do Jurupará, do Padre e da Fumaça, nome dado pelos próprios moradores por causa da neblina que é constante, dando a impressão que existe uma névoa cobrindo o local.

O grande destaque fica por conta da cachoeira do Bernardo Alemão. Com uma queda d´água de 25 metros, é propícia para a prática de rapel. Para quem prefere calmaria, no local há uma piscina natural que é garantia de um banho refrescante. Outra opção para os aventureiros é Represa Itupararanga. O local é ideal para a prática de esportes náuticos e lazer nos dias mais quentes.

No Parque das Pedras, os turistas podem apreciar a vista da natureza e também praticar o rapel. São várias as alturas e níveis de dificuldade das elevações. A Pedra da Casinha possui aproximadamente 50 metros. Há ainda a Pedra da Azeitona e do Paçoca com 20 metros, e a do Descalvado que mede 1000 metros de altitude.

O Horto Florestal concentra 20 mil metros de Mata Atlântica remanescente, com muitas mudas nativas. Os visitantes podem apreciar cerejeira, araucária, pau-brasil, palmeira imperial, entre outras. Além disso, no local há três lagos com muitas carpas e trilhas para um agradável passeio ecológico.

Igreja

Principal ponto de referência da cidade, a Igreja Matriz Nossa Senhora da Piedade começou a ser construída em 1885, no entanto a obra foi concluída e inaugurada em 1916. Já na Casa de Cultura, o visitante encontra o espaço destinado às artes e manifestações culturais. O local ocupa um casarão antigo construído em 1877, que no passado abrigou a Cadeia Pública.

Outro atrativo de Piedade são as grandes produções de morango e alcachofra, sendo considerada o maior produtor do Brasil. O município abriga, ainda, a Festa do Kaki Fuyu, qualidade muito cultivada na cidade. O evento é um dos principais da cidade e, neste ano, será realizado nos dias 18, 19 e 20 de maio e reunirá várias atrações e festividades relativas à colheita do fruto.

Do Governo de SP


ITU | Um mês para a Kaballah Circus Festival

Com o tema Circus, a Kaballah entra para o calendário 2012 de festivais com uma proposta divertida e inovadora, fazendo desta edição inédita um grande espetáculo. Dia 21 de abril, sábado, feriado de Tiradentes, o público terá a oportunidade de experimentar a união de um festival de música eletrônica com o universo do circo. DJs consagrados e artistas circenses, ambientados pela cenografia temática customizada, levam alegria, magia, ludicidade e cores para a Arena Maeda, em Itu / São Paulo. Serão mais de 20 atrações da música eletrônica, em 18 horas de festa.

Nos picadeiros

Divididos em três, os palcos tradicionais dão lugar a picadeiros. O Cocoon Stage carrega o conceito artístico e musical da gravadora alemã, enquanto sua curiosa decoração mistura as referências dos afterhours de Ibiza ao mundo das fantasias.

O Electric Circus - Dim Mak Stage tem suas atrações voltadas aos lados mais explosivos da eletrônica moderna, com grandes doses de electrohouse e umas pitadas da novidade do momento, o dubstep. Quem assina o palco é a multi premiada gravadora Dim Mak, de Steve Aoki. Na decoração, um grande circo estilizado.

Por fim, o Pyschedelic Circus resgata a essência do trance e as raízes do festival com algumas das atrações mais desejadas pelos seus fãs. Com decoração especial, capitaneada pelo mesmo time responsável pelo Boom Festival, de Portugal, será montado um verdadeiro circo psicodélico!

Artistas confirmados

Uma das atrações mais esperadas, o atípico long set de 7 horas do DJ alemão Sven Väth, lenda viva da música eletrônica e mentor da marca Cocoon (gravadora, clube, agência de DJs e assinatura de um dos eventos itinerantes mais conceituados mundo afora), é o grande destaque do Cocoon Stage e do festival. Juntam-se a ele neste picadeiro o alemão Oliver Huntemann, um dos artistas mais queridos e admirados pelo público brasileiro; o jovem italiano Ilario Alicante, destaque da última temporada do verão europeu em Ibiza; e os brasileiros Eli Iwasa, Pornrobot e o produtor mais comentado do techno nacional, Victor Ruiz, que apresenta seu show audiovisual ao lado da VJ Any Mello.

A gravadora Dim Mak, que assina o palco Electric Circus, apresenta artistas absolutamente consagrados em todo o mundo. Steve Aoki, dono e idealizador da marca, é o grande anfitrião com seu show explosivo e original, enquanto o francês Joachim Garraud vem devidamente acompanhado pelo seu teclado e seus apetrechos alienígenas. O duo belga Dimitri Vegas & Like Mike, sensação de um dos maiores festivais do mundo, Tomorrowland, e o também americano AutoErotique, autor de diversos hits da nova electrohouse fervem a Arena Maeda. Completam esse time estrelado os espanhóis Amo + Navas, com show especial que utiliza a nova tecnologia de manipulação musical, denominada Reactable, e os brasileiros Bruno Barudi e Digitalchord Live.

No Psychedelic Circus estão confirmados alguns dos artistas mais celebrados e requisitados da cena trance: o duo holandês GMS, que também assina a dupla Riktam & Bansi; os alemães Neelix e Fabio Fusco; o sulafricano Headroom; o inglês Avalon; o duo austríaco-germânico Protonica e o anglo-brasileiro Circuit Breaker (Dickster + Burn in Noise); além da revelação nacional Wega.

Outras atrações

A temática circense é o grande pano de fundo para a realização desta da Kaballah 2012. Em sequência às diversas ações que a produção do festival tem realizado em outros eventos, todos os seus elementos e personagens serão reunidos no dia da festa. Malabaristas, pernas de pau, brincadeiras e diversas surpresas completarão o circo da Kaballah. E o público, claro, é convidado a interagir - até mesmo fantasiado - e promover um show à parte, colorido e divertido.

Sobre a Kaballah

Inspirado em grandes festivais internacionais, o empresário Guga Trevisani começou a fazer história com a festa Kaballah. Há nove anos, sua primeira edição recebia cerca de 300 pessoas e o focava exclusivamente no trance psicodélico e vertentes. Aos poucos, outras sonoridades ganharam o gosto do público e a festa evoluiu para um grande festival, que já chegou a receber quase 20 mil pessoas em algumas de suas edições.

Mais informações: www.kaballah.com.br; www.facebook.com/Kaballah; www.twitter.com/kaballahbrazil

Sobre a Entourage

Especializada no agenciamento de artistas, criação de conteúdo e produção de eventos, a Entourage é resultado da fusão das agências Crash e SmartBiz. A união dos expertises de seus sócios, Guga Trevisani, Marcelo Arditti e Fernando Moreno, tornou a agência referência internacional, congregando em seu casting diversos dos artistas mais representativos da indústria.
Mais informações: www.entourage.com.br

Sobre a Arena Maeda

A Arena Maeda comporta até 60 mil pessoas em seus 400 mil m². Situada em Itu- SP, o local é de fácil acesso e está localizada dentro de uma fazenda, com 600 hectares. A área para o estacionamento tem cerca de 200 m² com capacidade para cerca de dez mil carros e 400 ônibus. Por estar em uma área campestre o espaço está livre da lei do silêncio e ainda oferece 82 chalés para estadia.

Serviço:
Kaballah Circus Festival – Arena Maeda (Itu – SP)
Data: 21 de abril 2012
Inicio: 20h
Endereço: Rodovia Santos Dumont, Km 18 - Itu São Paulo
Entrada para maiores de 18 anos
Informações: (15) 4009.8855
Ingressos:
1° lote* (até 08/03 ou término)
Pista - R$65 (acesso a todas as pistas).
Área VIP - R$95 (acesso a todas as pistas + backstage de todos os palcos com serviço de bar diferenciado, banheiros exclusivos e ambiente para descanso + front stage Electric Circus).

*Valores promocionais/meia entrada válidos para estudantes, idosos e doadores de sangue, de acordo com as leis 11.182/95, 10741/03 e 13.964/2002.

Pontos de venda:
www.ingressorapido.com.br / www.obaobaingressos.com.br / www.ingressonaweb.com.br
Televendas Ingresso Rápido: (11) 4003-1212
Em São Paulo: Na zona Sul, FNAC (Shopping Morumbi), Made in Brazil, Digital Stadium, Teatro Vivo; Na zona Oeste, Show Tickets (Shopping Iguatemi), FNAC (Pinheiros), Teatro Tuca; no Centro, FNAC (Paulista), Nutra Fit (Shopping Pátio Higienópolis), Central de Turismo (Shopping Frei Caneca), Thelles E.Music; na zona Leste, Corpo e Vida (Shopping Metrô Tatuapé).

Divulgação

Projeto ‘Sons da Nova’ leva Zeca Baleiro ao palco do HSBC Brasil

O cantor e compositor maranhense Zeca Baleiro é o convidado para mais uma edição do Projeto “Sons da Nova”, promovido pela rádio Nova Brasil FM, no dia 16 abril, no HSBC Brasil, em São Paulo. Zeca Baleiro preparou um show que destaca seu 9º CD de inéditas, ‘O Disco do Ano’, mas também momentos importantes de sua carreira.

O show terá o repertório baseado no novo trabalho, com destaque para canções como “Nada Além” (Frejat e ZB), “Tattoo” (ZB), “Último Post” (ZB e Lúcia Santos), “Ela Não se Parece com Ninguém” (ZB) e “Calma Aí, Coração” (Hyldon e ZB). Baleiro relembrará sucessos de discos anteriores, como “Babylon”, “Telegrama”, “Vai de Madureira” e faz algumas releituras de canções de outros compositores.

Zeca Baleiro (voz, violões, guitarra e ukelele) será acompanhado pela banda formada por Tuco Marcondes (violão, guitarra, gaita, ukelele e banjo), Fernando Nunes (baixo e violão), Kuki Stolarski (bateria e percussão), Pedro Cunha (teclados, samplers, sintetizadores e acordeon), Adriano Magoo (teclados, samplers, sintetizadores e acordeon).

O projeto ‘Sons da Nova’ já acumula cinco anos de shows mensais com os grandes nomes da MPB e também as novas vozes, levando ao público a oportunidade de conhecer em grandes apresentações, ou shows intimistas, um pouco mais de seu artista preferido.

O Disco do Ano
“O Disco do Ano” sai em abril pela Som Livre e tem 12 faixas, todas inéditas, à exceção de "Nada Além", parceria com Frejat gravada por ele no cd "Intimidade entre Estranhos". “O Disco do Ano” ainda traz parcerias com Hyldon, Lúcia Santos (irmã de Baleiro), Kana (compositora japonesa) e Wado; e as participações especiais de Margareth Menezes, Andreia Dias e Chorão. Na produção do cd, Baleiro também resolveu ter diversos parceiros. Ao todo são 15 produtores, já que em alguns casos são dois produzindo uma mesma faixa.
A capa do cd também foi produzida em parceria, desta vez com o público, que escolheu entre 3 opções colocadas em votação no hotsite www.zecabaleiro.com.br, que entrou no ar em janeiro e mostrou os bastidores da produção do cd, com pequenos vídeos e mensagens de Baleiro, postadas diariamente até a data de lançamento.
Veja mais informações sobre “O Disco do Ano”: http://www.zecabaleiro.com.br

Nova Brasil FM
A rede de rádios Nova Brasil FM está presente em cinco cidades brasileiras - São Paulo 89,7; Campinas 103,7; Brasília 97,5; Salvador 104,7; e Recife 94,3. Em seu DNA, a rádio tem preocupação de sempre promover a cultura musical do brasileiro, lançando artistas e consagrando os novos ídolos. Com um público qualificado e fiel, composto por formadores de opinião das classes A e B, a Nova Brasil FM se destaca entre suas concorrentes por sua programação diferenciada, o melhor da moderna música brasileira.

Zeca BaleiroHSBC Brasil
Data: 16 de abril de 2012, segunda-feira
Horário: 22h00
Abertura da casa: 1h30 antes do início do espetáculo
Local: HSBC Brasil
Rua Bragança Paulista, 1281 – Chácara Santo Antonio
Informações e compra de ingressos:
# BILHETERIAS HSBC BRASIL - Rua Bragança Paulista, 1281 / Chácara Santo Antônio.
(Horário de atendimento até o dia 23/12: segunda a sábado, das 10h às 21h e domingos e feriados, das 10h às 20h)
# COMPRA POR TELEFONE - Ingresso Rápido - Tel: 4003-1212
(Horário de atendimento: segunda a sábado, das 9h às 22h)
(Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners);
# COMPRA PELA INTERNET
(www.hsbcbrasil.com.br / www.ingressorapido.com.br)
(Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners);
#  PONTOS DE VENDA CAPITAL, INTERIOR E OUTROS ESTADOS
Consultar www.ingressorapido.com.br
Taxa de Compra através da Ingresso Rápido
Compra em ponto-de-venda: 15% do valor do ingresso
Entrega em domicílio Grande São Paulo: R$ 15,00
Entrega em domicílio São Paulo Capital: R$ 10,00
Retirada na bilheteria: R$ 5,00
Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda da Ingresso Rápido. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei.

BILHETERIA:Camarote       R$ 190,00
Frisa              R$ 130,00
Cadeira Alta    R$  90,00
Setor Vip        R$ 190,00
Setor 01         R$ 130,00
Setor 02         R$  90,00
Setor 03         R$  70,00
Capacidade: 1800 lugares
Censura: 14 anos (desacompanhados). Menores dessa idade somente acompanhados dos pais ou responsáveis.
Duração: Aproximadamente 1h30
Abertura da Casa: 2h antes do espetáculo
Estacionamento: Hot Valet (com manobrista) - R$ 25,00 (antecipado – adquirido junto com o ingresso) e R$ 30,00 (na hora)
Aceitamos dinheiro e cartões de débito e crédito (Visa, Mastercard, Credicard e Diners)
Não aceitamos cheques
Acesso para deficientes físicos
Ar condicionado

Divulgação

quinta-feira, 22 de março de 2012

ITAPETININGA | Cultura e natureza encantam os visitantes

Distante a 180 quilômetros da capital, Itapetininga é uma ótima opção de viagem para toda família e proporciona momentos de descanso e diversão tanto no meio cultural quanto natural. O nome da cidade tem origem tupi-guarani e significa algo como laje seca ou enxuta.

O turista encontra, logo na entrada, uma bela área verde onde é possível desfrutar de momentos com a natureza. Um exemplo é o Parque Ecológico São Francisco de Assis. O local possui uma área de 35 hectares com lagos, camping, quadras de vôlei, tênis, campos de futebol e toda estrutura necessária ao lazer e recreação. Outra opção é levar a família para os pesqueiros existentes na região.

Itapetininga também possui um charmoso ponto de encontro, a Praça Japonesa. O local foi inaugurado em 2008, em homenagem ao centenário da imigração japonesa no Brasil, às margens do Ribeirão do Chá. A praça conta com cerejeiras e ipês, simbolizando a união entre as duas nações.

Os visitantes podem conhecer mais sobre Itapetininga no Centro Cultural e Histórico. Inaugurado em 1830, o prédio já abrigou a cadeia pública e a Prefeitura Municipal. Hoje o espaço é cenário de exposições, cursos, oficinas e apresentações culturais. O local também concentra o Memorial Julio Prestes, que reúne cartas e documentos pessoais da vida do ex-presidente.

No aspecto religioso, a cidade abriga a Catedral Nossa Senhora dos Prazeres, uma das maiores do Estado. Construída em 6 de novembro de 1771, tem estilo arquitetônico romano, em forma de uma cruz latina, com uma torre à direita e o batistério à esquerda.

Já o Horto Religioso Nossa Senhora Aparecida é um espaço onde são realizados os grandes eventos de Itapetininga. O local foi inaugurado em 1922 e é palco de festas como da cerejeira, em junho, e a tradicional comemoração do aniversário da cidade, em 5 de novembro.
 

Do Portal do Governo do Estado


JAÚ | Desenvolvimento industrial com qualidade de vida do interior

A fama de Jaú (ou Jahu, na grafia antiga), a quase 300 quilômetros da capital, se formou dos pés e calcanhares femininos. Há mais de um século a primeira fábrica de sapatos foi instalada na cidade, com a chegada do pioneiro italiano Guissepe Contatore, que ensinou o ofício e a sua arte a vários outros moradores. Desde então, Jaú especializou-se na produção de calçados femininos, que saem das fábricas diretamente para as lojas, com uma grande variedade de modelos, a preços mais baixos que os habituais.

A criação da cidade de Jaú, no entanto, remonta ao século 19, quando os bandeirantes que seguiam pelo rio Tietê explorando o interior de São Paulo pescavam uma espécie de peixe denominada Jaú, de enorme tamanho, que batizou a cidade. Quase meio século após sua fundação (1853), por estar situada em um solo fértil de terra roxa, a cidade foi um dos pólos econômicos do ciclo do café, e tornou-se um dos municípios mais ricos do Estado.

Atualmente, quem for visitar a cidade de Jaú pode encontrar diversos locais remanescentes e atividades de cunho histórico e cultural para visitar. A cidade possui um patrimônio com cerca de 400 prédios erigidos durante o período áureo do café. Um belo exemplo é a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio, de arquitetura inspirada no neogótico alemão, cujo interior possui um órgão e vitrais alemães, além de um piso hidráulico e telhados franceses.

Um espaço cujas atrações artísticas atraem muitos moradores e visitantes é a Estação do Som, próximo à estação rodoviária da cidade. No entorno da Estação do Som, que abriga as mais diversas manifestações culturais da cidade e região, estão diversas edificações do patrimônio histórico municipal. Nesse contexto, a cidade dispõe aos visitantes o Museu Municipal de Jahu (onde há uma sala especial para o Comandante João Ribeiro de Barros, o primeiro aviador das Américas a cruzar o Atlântico Sul sem ajuda marítima), a Biblioteca Municipal (com um acervo de 25.251 volumes) e o Theatro Municipal Elza Munerato.

Para quem deseja um programa mais ameno, uma dica é o Cinema Municipal da cidade, ou ainda um encantador ponto turístico, que é a praça do Tênis Clube, defronte ao clube homônimo. Lá é possível admirar esculturas e um conjunto de jatos de água que são plasticamente muito bonitos, principalmente à noite, com a iluminação local. Uma ótima dica de passeio para casais, famílias e grupos de amigos, principalmente aos finais de semana.


Do Portal do Governo do Estado

 

quarta-feira, 21 de março de 2012

CAMPINAS | 5o Menu Especial Peixes da Amazônia no Barbacoa


O Menu Especial Peixes da Amazônia do Barbacoa segue até 08 de abril, domingo de Páscoa. No cardápio desta edição - que começou em 8 de marlo - estão o saboroso filé de Uritinga, a suculenta Pescada-Amarela Amazônica, o delicado Filhote e as irresistíveis costelas de Tambaqui.

Os peixes servidos são provenientes de pesca ou cativeiro, e seguem rigorosamente as normas e regulamentações do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais).  O Menu Especial Peixes da Amazônia será realizado nas casas à la carte do Barbacoa em São Paulo, no D&D Shopping e Morumbi Shopping,  em Campinas, em Salvador, em Manaus e em Brasília.

Sugestões de acompanhamentos

O filé de Uritinga, conhecido pela firmeza de sua carne e ausência de espinhas, vem acompanhado do saboroso arroz de tambaqui. A Pescada-Amarela Amazônica, que tem baixo valor calórico e teor de gordura, chefa à mesa com a deliciosa farofa de Tambaqui. Para provar que a combinação “peixe com banana” realmente é incrível, o Filhote vem acompanhado da banana-da-terra assada, o tipo da fruta que mais tem vitamina A e C. A costela de Tambaqui, por sua vez, vem com o elaborado quibebe com camarão. Para harmonizar, cardápio especial para o festival com vinhos apropriados para as carnes.

MENU ESPECIAL PEIXES DA AMAZÔNIA 2012

Costela de Tambaqui - R$ 64,90
Sugestão de acompanhamento: Quibebe com camarão

Filé de Uritinga - R$ 60,20
Sugestão de acompanhamento: Arroz de Tambaqui

Pescada-Amarela Amazônica - R$ 67,20
Sugestão de acompanhamento: Farofa de Tambaqui

Filhote - R$ 63,50
Sugestão de acompanhamento: Banana-da-Terra assada

Serviço:
Barbacoa
- Parque D. Pedro Shopping - Entrada das Águas
Av. Dr. Guilherme de Campos, 500 - Campinas - SP


Divulgação


BAIXADA SANTISTA | Festival celebra a cultura de 27/3 a 7/4


Programação do 'CulturalMente Santista' comemora os três anos do site CineZen e reunirá mais de 30 nomes relevantes da cultura na região, entre artistas, produtores culturais e jornalistas; eventos terão cunho beneficente, sorteios de brindes e apresentações artísticas.

Para celebrar a data e a criação de seu “irmão mais novo”, o site CulturalMente Santista (www.santoscultural.net), programa uma série encontros, entre 27 de março e 7 de abril, que reunirá mais de trinta nomes relevantes da cultura na Baixada Santista, entre artistas, produtores culturais e jornalistas do setor.

Trata-se da primeira edição do CulturalMente Santista, projeto idealizado pelo jornalista André Azenha com o objetivo de divulgar e abrir espaço para esses profissionais exporem suas opiniões e projetos. Acontecem nove bate-papos, que abordam os seguintes temas: cinema, teatro, produção cultural, artes plásticas, design + ilustração, criação literária, música, e tendências do mercado editorial. Seis deles serão beneficentes, em prol da Casa Vó Benedita. E alguns contarão, também, com apresentações artísticas.

Paralelamente aos encontros, acontecerá a exposição “Variantes Fotográficas”, de Rafael Ponzio, cuja abertura acontecerá dia 27, terça, 22h10, no Almanaque, após o bate-papo sobre cinema, no Sesc, que inicia às 20h. O lançamento da mostra fotográfica terá apresentação musical de Zerobeto Freire, com temas de filmes clássicos. As fotos ficarão expostas, além do Almanaque, na Millor Revistaria e Cybercafé, até o fim da programação.

Durante os bate-papos, serão feitos sorteios, de ingressos de cinema, vales de locação, quitutes do Reino Branco Atelier do Açúcar, e livros. Os profissionais que farão parte das mesas são formadores de opinião e pessoas que atuam de forma preponderante no ramo. Os eventos acontecerão em espaços que contribuem para a cultura. “É preciso ressaltar que todos os envolvidos, entre debatedores e espaços onde ocorrerão os eventos, aceitaram participar do projeto de bom grado, comprovando o envolvimento e o comprometimento de todos com a disseminação cultural”, conclui Azenha.

Abaixo, a programação completa

27/03 (terça), 20h – dois eventos
- Produção e espaços de cinema
Local: Auditório do Sesc – Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida
Debatedores:- Junior Brassalotti: diretor de produção do Curta Santos, ator
- Nívio Mota: coordenador do Museu da Imagem e do Som de Santos e do Cine Arte
- Silvio Luiz: responsável pela área de audiovisual do Sesc Santos
- Thalita Afonso: produtora do Instituto Querô
Mediação: André Azenha
Gratuito
* Haverá exibição de curta-metragem antes do bate-papo

27/03, (terça), 22h10
- Lançamento da exposição fotográfica “Variantes Fotográficas”, de Rafael Ponzio, no Almanaque (Av. Bartolomeu de Gusmão, 88, perto do Sesc, em frente ao Posto 6).
* Haverá apresentação musical de Zerobeto Freire, com temas de filmes clássicos. As fotos serão divididas entre o Almanaque e a Millor, e ficarão expostas até 7 de abril.

28/03 (quarta), 20h
- Produção e criação teatral
Local: Café Teatro Rolidei -  Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, 3º piso do Teatro Municipal, Vila Mathias
Debatedores:- Claudia Alonso: coordenadora do grupo Orgone, atriz
- Miriam Vieira: atriz, diretora de teatro, em cartaz com a peça “Reclame”
- Márcio de Souza, diretor do teatro Guarany, professor, ator, produtor
Mediação: André Azenha
Gratuito, mas quem quiser pode doar uma camiseta branca em prol da Associação Projeto TAMTAM

29/03 (quinta), 20h
- Produção cultural
Local: Auditório do Sesc - Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida
Debatedores:
- Eugênio Martins Jr.: Dirige uma empresa de produção cultural, criador do projeto Jazz, Bozza e Blues, jornalista, assina o Mannish Blog
- Luiz Fernando Almeida: Ator, produtor, dirige a Superbacana Produções
- Toninho Campos: diretor do Cine Roxy, realizou os primeiros grandes shows de rock nacional em Santos
Gratuito

30/03 (sexta), 20h
- Artes plásticas
Local: Open House Idiomas – Rua Minas Gerais, 85, Boqueirão, entre a Rua da Paz e o Canal 3
Debatedores:- Waldemar Lopes: pintor, já expôs em locais como Beneficência Portuguesa, Parque Balneário, entre outros
- Ana Akaui, pintora, da Oficina 44
- Chico Melo: escultor, da Oficina 44
Mediação: André Azenha
Entrada: Um quilo de alimento não perecível em prol da Casa Vó Benedita
* Haverá exposição de trabalhos desses artistas.

31/03 (sábado), 17h – dois eventos
- Jornalismo e crítica cultural
Local: Livraria Realejo (andar superior) – Rua Marechal Deodoro, 2, Gonzaga
Debatedores:- Chico Marques: Professor, comentarista musical do Jornal da Orla, assina o blog Alto e Claro
- Gustavo Klein: jornalista, editor do caderno Galeria, do Jornal A Tribuna
- Ricardo Prado: Jornalista, assina o Cineblog da Tribuna e edita o Cinecartógrafo
Mediação: Marco Santana: jornalista, editor do Jornal da Orla
Entrada: Um quilo de alimento não perecível em prol da Casa Vó Benedita.

31/03 (sábado), 19h15, também na Realejo (térreo)
- Lançamento da Revista Literária Mirante 76, mais antiga publicação literária independente do país, editada por Valdir Alvarenga e Sidney Sanctus
Gratuito
* Haverá Jazz, bossa e MPB ao vivo com Edinho Godoy e Theo Cancello, a partir das 18h30, na calçada em frente a livraria

03/04 (terça), 19h30
- Design, ilustração e Infografia
Local: Cineclube Lanterna Mágica – Rua Cesário Mota, 8, 5º andar, Bloco E, Unisanta
Debatedores:- Márcia Okida: Coordenadora e idealizadora do Curso de Graduação de Produção Multimídia da Unisanta
- Alexandre Bar: Professor, desenhista
- André Reis: Professor
Mediação: André Azenha
Gratuito

05/04 (quinta), 20h
- Criação literária
Local: Millor Revistaria e Cybercafé – Rua Marechal Deodoro, 7, Gonzaga
Debatedores:- Ademir Demarchi: Escritor, editor, criador do selo Sereia Ca(n)tadora e da revista Babel
- Madô Martins: Jornalista, escritora, publicou dez livros, cronista de A Tribuna
- Regina Alonso: Escritora com vários livros publicados e prêmios conquistados, coordena os grupos Outras Palavras, Café com Letras
Mediação: Marcelo Rayel: escritor, colunista do CineZen
Entrada: Um quilo de alimento não perecível em prol da Casa Vó Benedita

06/04 (sexta), 20h
- Criação e espaços na música
Local: Almanaque (novo endereço, na rua Euclides da Cunha, 97, Gonzaga)
Debatedores:- Danilo Nunes, músico, cantor, compositor
- Julinho Bittencourt: músico, cantor, compositor, jornalista, fundador do Torto MPBar
- Wagner Parra: Produtor, DJ, dirige a Disqueria
Mediação: André Azenha
Entrada: Um quilo de alimento não perecível em prol da Casa Vó Benedita
* Haverá apresentação musical de Julinho Bittencourt após o bate-papo

07/04 (sábado), 20h
- Tendências do mercado editorial
Local: Ao Café – Av. Siqueira Campos, 462, Boqueirão, esquina do canal 4 com a rua Lobo Viana
Debatedores:- José Luiz Tahan: Livreiro, editor, criador e direto da Realejo Livros, da Realejo Edições e da Tarrafa Literária, cronista
- Valdir Alvarenga: Escritor, editor da revista literária Mirante
- Vieira Vivo: escritor, editor da revista Cabeça Ativa e da Edições Costelas Felinas
Mediação: Marcelo Rayel
Entrada: Um quilo de alimento não perecível em prol da Casa Vó Benedita


Divulgação


terça-feira, 20 de março de 2012

CAMINHO DO SOL | O Caminho de Santiago do Interior de SP

Que tal caminhar em meio a áreas rurais respirando ar puro e sem pressa, só determinação? O Caminho do Sol é um roteiro montado a partir de uma caminhada de 241 km entre Santana de Parnaíba e Águas de São Pedro, também inspirada pelo famoso Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. Quase todo o trajeto recorta fazendas. Nascida em 2001, a idéia é valorizar a introspecção e o despojamento material. Os organizadores aproveitaram a coincidência de a data de fundação de Águas de São Pedro ser 25 de julho, dia do apóstolo Santiago.


O Caminho do Sol que leva 11 dias para ser percorrido a pé ou de bicicleta termina na Casa de Santiago, onde hoje fica uma imagem do apóstolo, desde 2003 padroeiro de Águas de São Pedro. Munidos de um guia, os caminhantes percorrem 13 km de Santana de Parnaíba a Pirapora, de 24 km de Pirapora do Bom Jesus a Cabreúva, 26 km de Cabreúva à Fazenda Cana Verde em Itú, 18 km da Fazenda Cana Verde à Fazenda Vesúvio em Salto, 23 km da Fazenda Vesúvio a Elias Fausto, 21 km Elias Fausto à Fazenda Milhã em Capivari, mais 20 km da Fazenda Milhã a Mombuca, 24 km de Mombuca ao Clube Arapongas, a mesma distância entre o clube e Monte Branco, de lá a Artemis (Piracicaba) e desta a Águas de São Pedro.

De Caminho do Sol.org

segunda-feira, 19 de março de 2012

EMBU DAS ARTES | 19/03 - Dia do Artesão

Bem ao lado de São Paulo, a apenas 27 quilômetros do centro da cidade, está a animada Embu das Artes. O nome se justifica. Ali encontram-se dezenas de ateliês de pintores e escultores, antiquários, galerias de arte e mui­tas lojas de artesanato, móveis rústicos e artigos de cama, mesa e banho, decoração e tapetes. Neste dia 19/03, destacamos aqui a cidade em homenagem a todos os artesãos do Estado de SP e Brasil pela comemoração do Dia de São José, padroeiro dos marceneiros, carpinteiros e também dos artesãos.

Embu é um passeio imperdí­vel, pois a cidade também tem um patrimônio histórico do século XVIII que vale a pena conhecer. Ao andar pelas ruas de Embu, aos sábados, domingos e feriados, você vai encontrar ainda uma grande feira a céu aberto. Os bons restaurantes e a qualidade dos produ­tos vendidos na cidade fazem de Embu das Artes um dos ro­teiros prediletos dos paulistanos nos finais de semana. Aos domingos há ensaios abertos de maracatu, uma dança de origem africana, no Centro e Teatro Popular Solano Trindade, na avenida São Paulo, 100, no Centro Histórico.

A cidade tem um centro histórico preservado, em que se destaca o Conjunto Jesuítico Nossa Senhora do Rosário, do século XVIII, no Largo dos Jesuítas, 67, Centro. A comunida­de local entra em festa na primeira semana de maio, com a Festa de Santa Cruz, e durante o Corpus Christi, em que as ruas do centro são cobertas com tapetes feitos de serragem colorida e por onde passa uma procissão.

Para chegar em Embu é muito fácil: fica na rodovia Régis Bittencourt, altura do km 288. Mais informações e o mapa da cidade estão no site www.embu.sp.gov.br.

EMBU DAS ARTESDistância de São Paulo: 27 km
Principais atrações: produção artística, artesanato, decoração e centro histórico
Como chegar: Régis Bittencourt, altura do km 288
Informações: www.embu.sp.gov.br




RIBEIRÃO PRETO | Planetário itinerante chega à região

Até junho, sessões serão realizadas em 93 escolas estaduais das regiões Sudoeste, Leste-Mogiana e Vale do Paraíba.

A partir do último sábado, 17, um planetário itinerante aportou na região de Ribeirão Preto. Com o tema Os astros vêm até você, planetário e cinema no Escola da Família, o projeto passará, até junho, por 93 escolas estaduais em 78 municípios paulistas. "A expectativa é que cerca de 500 mil pessoas participem das atividades", diz a chefe do Departamento de Parcerias da Fundação para o Desenvolvimento da Educação, Ana Maria Stuginski.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo investirá R$ 260 mil na ação. O objetivo é instigar a curiosidade da comunidade a respeito do universo, além de divertir pais e alunos. As próximas regiões contempladas serão São Joaquim da Barra e Franca.

Os locais visitados foram selecionados a partir de critérios socioeconômicos para beneficiar as comunidades que carecem de bens culturais. "Queremos democratizar o saber, levando à população as descobertas da ciência de forma didática e pedagógica", diz Ana Maria.

Cada unidade de ensino terá cinco sessões realizadas aos fins de semana pelo programa Escola da Família. O projeto é composto por cinco planetários que trabalham simultaneamente por meio de espetáculos cinematográficos e atividades que despertam o interesse do público pelo universo, como palestras sobre as fases da lua e as principais constelações.


Do Portal do Governo de SP

 

sexta-feira, 16 de março de 2012

SÃO SEBASTIÃO | 376 anos da emancipação é marcada com festa


São Sebastião completa nesta sexta-feira, 16 de março, 376 anos de emancipação político-administrativa. Uma programação cultural foi preparada pela prefeitura para comemorar o dia. Após a solenidade de aniversário, que aconteceu na manhã de hoje, acontece hoje a apresentação das fanfarras das escolas municipais Professora Joana Alves dos Reis, do Canto do Mar, e Professora Cynthia Cliquet Luciano, da Enseada; ambas da Costa Norte.

No Balneário dos Trabalhadores, localizado na Praia Grande, até as 17h, os participantes do Projeto Atividade, do Fundo Social de Solidariedade, se divertem no IV Encontro da Melhor Idade. Atividades físicas, ioga, ginástica localizada, baile e exposições marcam a programação elaborada pela Secretaria de Esportes (Seesp) em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur).

Na parte da noite, às 19h, a Praça do Coreto, ao lado da Igreja Matriz, Centro Histórico, é palco do Encontro de Capoeira de Angola com o lançamento do CD Vadiando entre Amigos. As atividades encerram com o show gospel de Soraya Morais, na Praça de Eventos da Rua da Praia, às 22h. Os shows também seguem no sábado (17) e no domingo (18), com Skank e Diego Fernandes, respectivamente. A entrada é franca.

Com informações da Prefeitura Municipal

quinta-feira, 15 de março de 2012

BARRA BONITA | Ônibus turístico percorre o Estado de São Paulo


Após uma temporada de sucesso no Litoral Norte Paulista, o programa Roda SP vai agora à região de Barra Bonita, Centro Oeste Paulista. De 18 até 25 de março, linhas turísticas, inclusive com ônibus double-decker, estarão redistribuindo o fluxo turístico além de Barra Bonita, em Bocaina, Igaraçu do Tietê, Botucatu e Jaú.

Com  iniciativa da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, o ônibus vem percorrendo todo o Estado, com o objetivo de integrar os destinos com maior facilidade e otimizar a atividade turística. Com uma única passagem no valor de 10 reais, o viajante ganhará uma pulseirinha, válida para ser usada por um dia todo, e poderá escolher os pontos turísticos que desejar conhecer entre as duas rotas pré-definidas.

Os turistas e moradores da região Centro Oeste Paulista poderão optar por duas rotas: azul ou vermelha. A primeira, por exemplo, sai do Barra Bonita Shopping, passa por Igaraçu do Tietê e termina em Botucatu, na Fazenda Lageado, onde se encontra o Museu do Café da cidade. Já a linha vermelha parte do mesmo ponto, Barra Bonita Shopping em direção à Igreja São João Batista, em Bocaina, passando por pontos turísticos da cidade de Jaú, como a Igreja Matriz Nossa Senhora do Patrocínio.

O Roda SP encerrou a temporada no Litoral Norte Paulista no dia 4 de março com a aprovação do público da região. Centenas de turistas foram atendidos nos nove dias de funcionamento desta fase de programa. “É um produto turístico extremamente útil e barato, que facilita o passeio dos viajantes e redistribui o fluxo de pessoas entre as cidades vizinhas”, explica o secretário de turismo do Estado de São Paulo, Márcio França.




 


quarta-feira, 14 de março de 2012

BATATAIS | Cidade completa 173 anos com passado glorioso


Na oportunidade em que comemora os seus 173 anos de fundação (14/3), a cidade de Batatais tem muitos motivos para festejar o presente e lembrar do glorioso passado que, dentre tantas coisas, apresentou ao Brasil o jovem Washington Luiz. Carioca da gema, formado pela Faculdade de Direito de São Paulo, fixou residência em Batatais e lá começou a sua vida política, sendo vereador, prefeito e chegando à presidente do Brasil.

Estância Turística do Estado de São Paulo, Batatais tem investido na captação do turismo para a região, aprimorando os seus pontos turísticos e os serviços de atendimento. Estando na cidade, os turistas têm como principais atrações a Igreja Matriz do Bom Jesus da Cana Verde, uma edificação de 1953 com pinturas de Candido Portinari; a Estação da Cultura; a Cachoeira dos Batatais; o Bosque Municipal; o parque Náutico e o Lago Artificial de Batatais.

A programação de aniversário é extensa, do dia 9 a 25 de março, e conta com Exposição de Orquídeas, Missa em Ação de Graças, Torneio de Futsal e, como ponto alto, a XVI Festa do Peão de Batatais. Nesta festa as principais atrações são os shows de Hugo e Thiago, Emílio e Eduardo, Zé Henrique e Gabriel e a Banda Sertaneja Cores do Brasil. No dia 25, acontece a XXIX Prova Pedestre Cidade de Batatais, tradicional no circuito esportivo do Estado.

Com mais de 56 mil habitantes, distante 355 km da capital paulista, Batatais tem clima tropical (ameno) com inverno seco. Mais informações podem ser encontradas aqui.


terça-feira, 13 de março de 2012

HOLAMBRA | Expoflora antecipa a venda de ingressos com desconto

A promoção de 53,5% de desconto no ingresso é válida para as compras feitas por meio da Central de Reservas apenas para grupos de, no mínimo, 20 pessoas. As vendas antecipadas são limitadas a cinco mil unidades/dia. A 31ª Expoflora será realizada de 30 de agosto a 23 de setembro, de quinta-feira a domingo, das 9h às 19h, em Holambra, distante 40 km de Campinas.

Para os grupos que realizarem o pagamento dos ingressos antecipados até 15 de junho, os ingressos custam R$ 14,00. Para compras até 13 de julho, cada entrada sai por R$ 15,00 e, para quem adquirir o bilhete até 3 de agosto, o valor será de R$ 20,00. Para cada 20 (vinte) ingressos antecipados adquiridos, será concedida uma cortesia.

Todos os bilhetes antecipados comprados junto à Central de Reservas serão enviados exclusivamente por Sedex, a partir do dia 15 de agosto de 2012. Crianças até cinco anos não pagam. Na bilheteria os ingressos custarão R$ 30,00. O contato com a Central de Reservas pode ser feito pelo telefone (19) 3802-1499 e pelo e-mail reservas@expoflora.com.br. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

“O amor em cores e flores”

Neste ano, o tema da exposição de arranjos florais é “O amor em cores e flores”. Entre as atrações fixas estão também a 8ª Mostra de paisagismo e jardinagem Minha Casa & Meu Jardim, a Chuva de Pétalas, o passeio turístico por Holambra, que inclui a visita a um campo de flores, as danças folclóricas e a culinária holandesa.

SERVIÇO

31ª Expoflora
Data: de 30 de agosto a 23 de setembro, de quinta-feira a domingo
Horário: das 9h às 19h
Localização: Holambra, SP 340, Rodovia Campinas-Mogi Mirim, saída 140.
Informações para o público: (19) 3802-1499 ou pelo e-mail reservas@expoflora.com.br

Divulgação


BRODOWSKI | Cidade de Portinari realiza tributo ao pintor

"Guerra e Paz" de Portinari

No ano do cinquentenário da morte de Candido Portinari (1903-1962), o Museu Casa de Portinari, instituição da Secretaria da Cultura em Brodowski, elaborou uma programação inédita em tributo ao pintor. Na cidade natal do artista, até o dia 21 de abril serão desenvolvidas atividades paralelas à primeira exposição das obras "Guerra e Paz" restauradas, que ocorre no mesmo período no Memorial da America Latina, em São Paulo. Então, que tal conhecer esse município que transborda arte?

A cerca de 335 quilômetro da capital do Estado, a cidade de Brodowski é um excelente ponto turístico no interior paulista. Famosa por ser a "Terra de Portinari", pintor brasileiro nascido no município em 1903, abriga o museu supracitado, que completou 40 anos de existência em 2010.

O Museu, no qual estão expostas obras do pintor, fica onde era a casa de sua família. Restaurado e tombado pelo Governo do Estado, o local recentemente recebeu melhorias de acesso de pessoas portadoras de deficiência e equipamentos de interação dos visitantes com as obras do artista.

Esculturas na Ferrovia

Outro ponto turístico é a estação ferroviária, às margens da qual se formou toda a cidade. A estação "Engenheiro Brodowski" data de 1894 e foi construída antes da primeira capela. É ao lado dela que foi instalado o terminal rodoviário "Primo Baggio" e também onde fica a Praça das Artes, local em que o visitante pode conferir obras do artista Adélio Sarro, cujas esculturas homenageiam Portinari e a ferrovia.

A primeira igreja matriz do município, a Capela de Santo Antônio, fica na Praça Candido Portinari. É nesta capela que o pintor retratou em uma pintura de óleo sobre tela Santo Antônio com o menino Jesus nos braços. Segundo familiares de Portinari, a obra foi feita pelo pintor para pagar uma promessa feita pelo restabelecimento da saúde de seu filho, João Cândido. Como condição da doação da tela, Portinari pediu que ela jamais fosse tirada da capela.

Andando pela cidade, em vários pontos, o turista se depara com obras do artista Adélio Sarro. Entusiasta das pinturas de Portinari, foi inspirado nele que resolveu seguir a carreira de escultor. Na Praça José Zapolla, próximo ao Clube Atlético Bandeirante, há trabalhos seus homenageando o esporte local. Outras esculturas podem ser vistas nos jardins da Unidade Mista Hospitalar e na Arena do Peão "Antônio Rocha".

Do Portal do Governo do Estado e da Secretaria da Cultura

segunda-feira, 12 de março de 2012

SALESÓPOLIS | Cidade avança no Ecoturismo

Barragem do Tietê em Salesópolis

O município de Salesópolis, berço do rio Tietê soma 17 pontos visitáveis e possui uma população de cerca de 16 mil habitantes. Entre os mais concorridos estão: o Parque das Nascentes do Tietê, a barragem de Ponte Nova, o Casarão Senzala e a Usina Parque, além de cachoeiras. Possui quase toda sua área protegida pela Lei dos Mananciais, apresentando um importante conjunto de pontos de interesse turístico, começando pelas Nascentes do Rio Tietê.

O “Parque Estadual das Nascentes do Rio Tietê” está localizado no bairro da Pedra Rajada, a 17 km do centro com acesso pela Estrada das Pitas. A área destinada ao parque possui 134 hectares , dos quais 9,6 já estão sob controle ambiental, protegendo os diversos olhos d’água que irão formar o mais importante rio do Estado.

O nome da cidade, que se emancipou em 1857, é uma homenagem ao presidente Campos Sales. Pela região passava a Rota do Sal, com intuíto de burlar o monopólio real e havia movimentado comércio de índios e escravos negros. A localização - "dentro" da Serra do Mar -, o clima, suas belezas naturais, seu manancial de águas fazem de Salesópolis um pólo turístico de inestimável valor.

Como de costume, o aniversário do município é comemorado junto com a Festa de São José Padroeiro, realizada anualmente de 10 a 19 de março e a abertura do evento acontece às 17 horas, na Avenida XV de Novembro, com desfile cívico. Confira aqui a programação religiosa e festiva da Festa de São José.

Região do Alto Tietê

É a denominação aplicada aos municípios localizados na região da nascente do Rio Tietê. São eles: Arujá, Biritiba-Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano, totalizando 1.5 milhão de habitantes. A região recebe esse nome por causa da localização geográfica das cidades.

O Rio Tietê nasce no município de Salesópolis e percorre parte desses municípios antes de chegar à Capital. O Alto Tietê possui uma produção variada e riquíssima, que vai desde artigos manufaturados até verduras e legumes, passando pelas flores e pela água que abastece milhares de pessoas na região e na Zona leste de São Paulo.

Do Governo do Estado de SP

CASA BRANCA | História preserva os traços açorianos

Foto: Juliana Branco

Distante 277 quilômetros da capital, Casa Branca é um belo exemplo de cidade do interior que guarda traços açorianos em suas construções.  Logo na entrada da cidade, os visitantes encontram grande parte de seu calçamento em paralelepípedo, principalmente na região central - um dos charmes do município. O prédio da Escola Dr. Francisco Thomaz de Carvalho, construído no final da década de 20 e início da década de 30, enriquece a Praça Dr. Carvalho.

Por entre as construções em estilo açoriano, os olhares são levados a um dos maiores monumentos da fé da população, a Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores. Concluída em 1889, em estilo Clássico Romano, é uma das mais belas. O Santuário Nossa Senhora do Desterro nasceu de uma pequena capela construída no final do século 19 e reconstruída várias vezes. Comemora-se em agosto a festa em homenagem à santa.
 
Da Guerra do Paraguai aos Canyons norte-americanos

Na viagem, o turista tem a chance de aprender sobre o passado de Casa Branca e do Brasil, uma vez que a cidade foi palco de importantes fatos como a Guerra do Paraguai e a passagem de D. Pedro II para inauguração da Estrada de Ferro Mogiana. No Museu Histórico e Pedagógico Alfredo e Afonso de Taunay, o turista pode conferir objetos, armamentos e fardamentos usados na Revolução Constitucionalista de 1932.

Os visitantes se deparam na parte natural com as voçorocas. O nome pode parecer estranho, mas trata-se de um terreno que sofre imensa erosão, formando-se crateras no solo. O aspecto é semelhante aos canyons norte-americanos e é possível fazer caminhada dentro dos vales e visualizar o colorido dos barrancos, através das cores variadas das argilas.

Foto: Juliana Branco

Festa da Jabuticaba
Já no mês de setembro, os turistas se deliciam com a Festa da Jabuticaba. No evento há diversas guloseimas feitas com a fruta in natura ou derivados como licor de jabuticaba, cachaça de jabuticaba, doce da casca de jabuticaba, geléia, rosca recheada, bolo recheado, pudim, trufas, pão de mel, entre outros.






Com informações do Governo de SP

sexta-feira, 9 de março de 2012

CAMPINAS | Gelateria Gôla produz sorvetes diets e cremosos



É possível consumir uma sobremesa com muito sabor e qualidade sem abrir mão da saúde, segundo a nutricionista e proprietária da Gôla Gelato e Caffé, Gisele Cristina Pinheiro. Entre os grandes produtos elaborados pela casa estão os sorbettos e gelatos dietéticos.

“Atualmente as pessoas não têm uma alimentação adequada e saudável, além é claro do sedentarismo e stress cada vez mais elevados. Esse ritmo, além de impedir uma qualidade de vida satisfatória às pessoas ainda pode causar doenças crônicas, a exemplo, diabetes, hipertensão, hipercolesterolêmicas. Pensando nisso, é que elaboramos um cardápio diferenciado e trouxemos ao Brasil uma sobremesa nutritiva, saudável e pouco calórica”, ressalta a nutricionista.

Os gelatos e sorbettos da Gôla são preparados artesanalmente, produzidos em pequenas quantidades diárias. O resultado é um produto sempre fresquinho, de sabor e aroma marcantes. Os sorbettos são feitos a partir de frutas frescas como frutas vermelhas, acabaxi, limão, entre outras, sem leite ou nem gordura vegetal hidrogenada em sua elaboração. São indicados para pessoas que precisam conviver com certas restrições alimentares ou mesmo para quem faz uma dieta restritiva para controle do peso ou melhora da qualidade de vida.

Mas para contemplar também os chocólatras, o destaque  é o sorbetto de chocolate, com pouco teor de açúcar. Na preparação dos gelatos a única gordura utilizada é a do próprio leite, então, esse percentual varia entre 6%  e 7%. Bem menor do que em sorvetes tradicionais, nos quais a taxa de gordura é de 14% a 18%.

A casa também incorporou ao cardápio os gelatos diet, totalmente sem açúcar e adoçados com sucralose. Esse é o único adoçante derivado do açúcar que, comprovado cientificamente, pode ser utilizado com segurança por diabéticos. O sucralose não possui calorias, diferente do aspartame, que tem 4 kcal/grama. Esse tipo de adoçante também não causa problemas para pessoas portadoras da doença fenilcetonuria, pois não possui o aminoáciodo fenilalanina .

Serviço Gola Gelato e Caffè (Rua Dr. Sampaio Ferraz, 322, Cambuí - Campinas/SP)
Horário: de segunda a domingo, das 10h às 22h30
Mais informações: (19) 3294-3027
http://www.golagelato.com.br

Divulgação

quinta-feira, 8 de março de 2012

Dia Internacional da Mulher: Parabéns, mulheres!

A todas que fazem a diferença:


"Seja a mudança que você quer ver no mundo". (Mahatma Gandhi)

quarta-feira, 7 de março de 2012

CARAGUATATUBA | Filme sobre a Fazenda dos Ingleses narra história da cidade

Antiga Fazenda dos Ingleses, em Caraguatatuba-SP


O documentário 'Grapefruit com Banana: Uma Fazenda Inglesa no Universo Caiçara' será lançado hoje, com exibição na Livraria da Vila de Pinheiros. Produzido em DVD pela Neotropica Multimedia, o filme tem direção de Philippe Henry e patrocínio do Grupo Serveng.

A história de um grande empreendimento britânico em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo, é narrada neste documentário, que volta no tempo, desde a ocupação europeia do território brasileiro.

No início do século XX, um grupo inglês comprou 4 mil alqueires de terra junto à cidade litorânea e ali montou uma grande operação para a produção de frutas – principalmente banana e grapefruit –, para o mercado inglês.

Durante dez anos, entre 1929 e 1939, a Fazenda dos Ingleses, como era popularmente conhecida a propriedade, produziu toneladas de frutas, que semanalmente abarrotavam cargueiros da companhia inglesa de navegação Blue Star Line. Do porto de Liverpool, eram distribuídos os cachos de bananas e os cítricos, cuidadosamente embalados em papel azul, para o deleite dos súditos de sua Majestade, o rei George VI.

“Nós temos pautado nossa produção pela história não contada ou pouco contada do Brasil. Há muito que descobrir, e nessa busca, acabamos achando algo logo ali, no nosso litoral, que pouca gente sabia. A Fazenda dos Ingleses chegou a ter uma população igual à da cidade de Caraguatatuba, e uma infraestrutura melhor”, conta Sérgio Pompéia, publisher da Editora Neotropica, que também comercializa as cópias do filme.


Histórico
Os dez anos de ouro da fazenda foram interrompidos pela segunda Grande Guerra. Entre 1939 e 1945, o movimento praticamente parou. 'Grapefruit com Banana' traz informações sobre o contexto da História do Brasil.

O documentário aborda também um fato crucial da história de Caraguatatuba, e que acabou por selar o destino do empreendimento britânico no Brasil: o grande deslizamento de terra que ocorreu em 1967 e quase destruiu a cidade. “Obtivemos muitas imagens de arquivo, parte delas inéditas, e optamos por colocar também trechos de depoimentos de pessoas que viveram ali bons e maus momentos”, diz o diretor do documentário Philippe Henry.

Um desses depoimentos é o do empresário Pelerson Soares Penido, fundador da empresa Serveng, hoje proprietária do terreno, que passou a se chamar Fazenda Serramar. Antes de falecer, em janeiro de 2012, aos 93 anos, ele gravou seu testemunho dessa história. Penido, que foi um dos grandes responsáveis pela recuperação de Caraguatatuba, logo após o desabamento, revela, em entrevista, partes pouco conhecidas de sua participação na recuperação da economia local.

Informações técnicas do DVD
Duração aproximada: 26 minutos
Áudio: Português
Legendas: Português, Inglês e Espanhol
Classificação: Livre
Formato da tela: 16×9
Compatibilidade: ALL
Som: Stereo PCM

Serviço
Lançamento e exibição do documentário
'Grapefruit com Banana: Uma Fazenda Inglesa no Universo Caiçara'
Quando: 7 de março de 2012 (quarta-feira), das 19h às 21h30
Onde: Livraria da Vila (Rua Fradique Coutinho, 903, Pinheiros – São Paulo/SP)
À venda no local e pelo site da Editora Neotrópica, por R$ 15 a unidade.


Redação com informações da Assessoria de Imprensa 

terça-feira, 6 de março de 2012

OSASCO | Espetáculo de dança homenageia Tarsila do Amaral


Estreia no SESC Osasco, no próximo domingo (11), o espetácula Vila Tarsila. Uma apresentação de dança infanto-juvenil, inspirada nas obras da pintora Tarsila do Amaral, que tem como cenário alguns de seus célebres trabalhos, pintados durante experiências vividas peela artista , em diversas viagens feitas pelo Brasil.
Tarsila do Amaral foi uma das maiores pintoras brasileiras e também é ícone da importante Semana de Arte Moderna de 1922 - que ocorreu entre os dias 11 e 18 de fevereiro daquele ano - movimento que modificou a linguagem artística e criou diversos ícones da cultura brasileira. 
Além de compor o cenário, os personagens dos quadros de Tarsila ganham vida e contracenam com Luciana Paes, atriz que interpreta a homenageada. Um dos destaques da apresentação é o quadro Abaporu, criado por Tarsila em 1928, que adquire forma de um boneco gigante movimentado por cinco bailarinos fazendo uma dança criativa.
A Cia Druw foi criada por Miriam Druwe, bailarina e coreógrafa, premiada como melhor bailarina pela APCA em 1993 e que participou de importantes companhias de dança como Balé da Cidade de São Paulo, Cisne Negro e Nau de Ícaros. O espetáculo de dança conta ainda com roteiro e direção cênica de Cristiane Paoli Quito, figurino de Marco Lima e trilha sonora de Natália Mallo inspirada na obra de Villa–Lobos.
Vila Tarsila transporta a plateia para dentro da imaginação de Tarsila do Amaral e retrata sua trajetória criativa através da dança, música, cores e sons, ensinando arte em forma de diversão.

Serviço
Vila Tarsila
Quando: 11 de março de 2012 (domingo), às 15h30
Onde: Tenda 2 do SESC Osasco (Av. Sport Club Corinthians Paulista, nº 1.300, Jd. das Flores - Osasco/SP)
Ingressos: R$ 6,00 (inteira); R$ 3,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 1,50 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).
Indicação: Livre
Capacidade: 80 lugares


Divulgação

segunda-feira, 5 de março de 2012

COTIA | Inscreva-se na 4ª edição da Caminhada da Mulher



Homem, mulher, criança, idoso. Todos estão convidados a caminhar pelas ruas da cidade na luta pelo fim da violência doméstica. O lema da 4ª edição é “Quem bate em mulher, machuca a família inteira”. O evento realizado pela Secretaria da Mulher da cidade de Cotia acontecerá dia 17 de março.

As inscrições já estão abertas e dão direito a uma camiseta personalizada. Os interessados em participar devem se inscrever na Secretaria da Mulher, localizada na Avenida Professor Manoel José Pedroso, 1231– Jardim Nomura – Cotia, das 9h às 17h.

A concentração será na Praça da Matriz de Cotia (Rua Senador Feijó, Centro) às 9h- e os participantes seguirão a pé até o Ginásio de Esportes (ao lado do Sacolão Municipal). Em caso de chuva, a Secretaria da Mulher informa que ocorrerá uma concentração no Ginásio de Esportes.

A inscrição é gratuita e os interessados podem obter mais informações através do telefone 4148-8607. Para retirar a camiseta na concentração da caminhada, na Praça da Matriz, é imprescindível apresentar o comprovante da inscrição.


Retrospectiva
Em 2009, a Secretaria da Mulher realizou a 1ª Caminhada da Mulher. Mais de 3 mil cotianos se mobilizaram com o lema “Nossa primeira conquista” e marcharam contra a violência doméstica. No ano de 2010, mais de mil pessoas participaram do ato pelo fim da violência contra as mulheres.

A terceira edição do evento teve o lema “Movimento contra o silêncio”, na qual a sociedade se sensibilizou pela causa contra qualquer tipo de violência contra o sexo feminino. Além da caminhada para comemorar o Dia Internacional da Mulher, a Prefeitura de Cotia prepara uma programação especial com entretenimento, atividades culturais, esportivas e alguns serviços de cidadania.


Serviço

4ª Caminhada da Mulher
Quando: 17 de março de 2012 (sábado), a partir das 9h
Onde: concentração na Praça da Matriz de Cotia (Rua Senador Feijó, Centro). Percurso até Ginásio de Esportes, ao lado do Sacolão Municipal.
Inscrições: os interessados em participar devem comparecer a Secretaria da Mulher (Avenida Professor Manoel José Pedroso, 1231, Jardim Nomura – Cotia/SP), entre a 9h e 17h.
Gratuito
Mais informações: (11) 4148-8607

*Obs: Para retirar a camiseta na concentração da caminhada é necessário apresentar o comprovante da inscrição.

**Em caso de chuva, a Secretaria da Mulher informa que a concentração ocorrerá no Ginásio de Esportes.




sexta-feira, 2 de março de 2012

IBIÚNA | “Terra Preta” com roteiros de represas e cachoeiras

Represa Itupararanga, em Ibiúna (SP)

Ibiúna vem do tupi-guarani e significa "terra preta". Não é a toa que a cidade, a 72km da capital, é conhecida como a maior produtora de hortaliças do estado de São Paulo. Mas não é só desse título que vive o município de 154 anos (que fará 155 anos no dia 24 de março). Ibiúna tem também muitas atrações turísticas, desde religiosas ao ecoturismo e atividades esportivas.

Uma delas é o contato com a natureza, através das represas e prainhas da cidade, próprio para quem deseja um fim de semana relaxante. A Represa Itupararanga tem às suas margens hotéis e clubes, com vários pontos de acesso ao público, como a Prainha e Praia do Escritório. Suas águas limpas convidam ao banho, à pratica de esportes aquáticos e também a pescarias. A Praia do Escritório fica distante apenas 8km do cento da cidade e tem uma média de visitas de 4 mil pessoas por final de semana durante o verão.

Aos aventureiros, Ibiúna reserva cachoeiras diversas, um mirante a 1000m de altura onde toda a cidade pode ser vista. Embora fique numa área particular, a Cachoeira Vargem do Salto tem acesso liberado ao público que pretende conhecer suas várias quedas, a maior delas com 35m. A Cachoeira da Fumaça fica dentro da Reserva Estadual do Jurupará, e diferentemente da outra, é preciso de autorização prévia para visitá-la. Na divisa com o município de Juquitiba, a Cachoeira do França atrai os pescadores em suas áreas represadas, ideais para uma tarde de pescaria.

Para ter uma idéia do tamanho de Ibiúna, o turista deve ir ao Mirante da Figueira. A cidade começa aos pés do Morro da Figueira, o qual pode ser contemplado da praça da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores. Do seu mirante, a mil metros de altura, todo o centro da "terra preta" pode ser visto. Quem conhece o local, garante que a vista é espetacular, assim como o visual da Reserva Estadual do Jurupará - que deve ser visitada na companhia de um guia experiente - onde podem ser observado diversos animais, alguns deles em extinção como o micocarvoeiro, a jaguatirica e o famoso bicho-preguiça.

Os visitantes mais religiosos precisam conhecer a capela e gruta de São Sebastião. Pertinho, a 28km do centro da cidade, o local é de uma beleza rara. A gruta fica a cerca de 1000m abaixo da capela, cercada por outras grutas - algumas são tão grandes que conseguem abrigar cerca de 300 pessoas. Ali, o turista pode contemplar áreas de Mata Atlântica, em meio a pedras com até 7m de altura e ainda mais cachoeiras. A capela é utilizada para os ritos religiosos durante a festividade anual em homenagem ao santo.

Ainda no quesito turismo religioso, quem procura paz de espírito pode conhecer o Templo Budista Jodoshu Nippakuji, fundado em 1998. Localizado a uma altitude de 1.100m, o templo tem um clima ideal para estudos, orações, meditação.

Para os esportistas, vale uma visita ao Estádio de Beisebol, construído para abrigar 3 mil pessoas durante os eventos. Ali, a empresa responsável pelo estádio pretender fazer o maior complexo do esporte na América Latina.

Do Portal do Governo do Estado

quinta-feira, 1 de março de 2012

PILAR DO SUL | Os costumes caboclos e a natureza da cidade encantam

Foto: Fernanda Costa

Pilar do Sul preserva os costumes caboclos, típicos do interior. Distante 149 quilômetros da capital paulista, o município reserva aos turistas o contato com a natureza com diversas cachoeiras, o que torna o local conhecido como a Nascente das Águas. Na entrada da cidade, o visitante encontra o portal que exibe um pilão,  símbolo de Pilar do Sul, muito utilizado para o preparo da paçoca de carne. A tradição popular diz que o município recebeu este nome por causa de tropeiros que utilizavam o lugarejo apenas para piloar a carne de caça e assim fazer o prato típico. Outros citam a religiosidade das famílias e a devoção a Nossa Senhora do Pilar.

Natureza

Os turistas podem curtir inúmeras cachoeiras localizadas em meio a Mata Atlântica como a do Pombal, Fita Branca, 8 Tombos, Moquém e Vitória. Mas nenhuma delas chama mais a atenção dos visitantes do que a Cachoeira Nascente das Águas com seu grande volume na queda. Quem gosta de praticar esportes aquáticos, como jet-ski, caiaque ou vela, vai adorar a represa Paineiras. Formada pelos rios Turvo e Bonito, é ideal também para a pesca esportiva.

Religião

A religião é algo muito presente em Pilar do Sul. Um exemplo disso é a Igreja Matriz Bom Jesus do Bonfim, que foi construída em 1895, por Antonio de Almeida Leite, primeiro colonizador da cidade, em devoção ao santo. Outro espaço que encanta e atrai turistas é o Parque Natural da Água Santa. Lá, a família pode se aventurar por entre as trilhas e observar pássaros e pequenos animais. O local traz ainda em seu interior uma pequena mina d´água, que os moradores antigos afirmam ser sagrada.

Do Portal do Governo do Estado